• WebMaster Sousa Faria

Porto, Cidade Património Mundial

Updated: Nov 27, 2020


A cidade do Porto foi, recentemente, considerada pela National Geographic Traveller como a experiência cultural mais imperdível para 2021 (“e mais além”) em todo o mundo. Uma honra que acontece dias depois de ter, também, sido eleita a melhor cidade pequena do mundo pela revista internacional Monocle, que a classificou como “um florescente centro criativo”, e de ter vencido os World Travel Awards – os “Oscares” do Turismo – na categoria de Best City Break da Europa.



Eleito melhor destino europeu por três vezes (2012, 2014 e 2017), o Porto é uma cidade de rio e mar, hospitaleira, simultaneamente conservadora e contemporânea. Características a que se soma um património arquitetónico, paisagístico, gastronómico e humano único, fazendo dela um destino inesquecível.

Desde os tempos da ocupação romana, que remonta ao século I a.C., o Porto sempre foi uma cidade de vocação comercial.

No século XIV, o Porto era já uma grande e importante cidade, caracterizada pela intensa atividade mercantil e pelo poder eclesiástico. Foi por esta altura que a cidade cresceu ao longo da margem do rio Douro, em grande parte devido às atividades comerciais e marítimas, começando a estender-se para fora da muralha (Cerca Velha) que delimitava a Sé do Porto.


Ainda nesse século, começou a ser construída a Cerca Nova, hoje conhecida como Muralha Fernandina. Uma pequena parte dela ainda existe, permitindo uma mágica viagem no tempo a todos aqueles que a observam desde o miradouro da serra do Pilar, na margem oposta, ou da Ponte Luiz I, uma majestosa construção metálica construída no final do século XIX.


A cidade desempenhou um importantíssimo papel no desenvolvimento naval do país, graças aos seus estaleiros e ao papel desempenhado pelo Infante D. Henrique, personagem fundamental da História de Portugal ao ser o responsável pela organização das viagens à costa de África e por inúmeras expedições marítimas que foram ponto de partida para a grande epopeia dos Portugueses.

Foi neste período, por alturas do século XV, que os habitantes do Porto ganharam a alcunha de “Tripeiros”, num episódio que define bem o caráter das suas gentes.

Em 1415, quando a armada portuguesa se preparava para a conquista de Ceuta, no norte de África, a população do Porto ofereceu aos combatentes toda a carne que possuía, ficando apenas com as tripas para se alimentarem. Desse episódio resultou não só a alcunha, mas também a invenção do prato que ainda hoje faz parte da tradição gastronómica da cidade: as Tripas à Moda do Porto.


A cidade sempre teve uma íntima relação com o seu rio, servindo, atualmente, também como um ponto de partida para a região do Douro, também ela Património Mundial e origem do mundialmente famoso Vinho do Porto.

Em 1996, perante a grande riqueza histórica, patrimonial e cultural, a Unesco conferiu ao Porto o estatuto de Cidade Património Mundial.

Atualmente é uma cidade visitada por milhares de turistas, que se encantam com o traçado sinuoso e pitoresco das ruas do Porto, as suas excelentes praias e esplanadas, as admiráveis igrejas e monumentos e o modernismo inconformista dos novos edifícios contemporâneos de arquitetos mundialmente premiados.

Para além de história e cultura, o Porto é também lazer, diversão e vida noturna, bem como um destino de eleição para congressos e eventos.

Eis alguns inúmeros locais da cidade que qualquer visitante deverá conhecer:

· Alfândega do Porto

· Cadeia da Relação – Centro Português de Fotografia

· Café Majestic

· Casa Almeida Garrett

· Casa da Música

· Casa de Serralves e Museu de Arte Contemporânea

· Casa do Infante

· Casa Museu Guerra Junqueiro

· Caves de Vinho do Porto (V. N. Gaia)

· Centro Histórico e Praça da Ribeira

· Convento de São Bento da Vitória

· Estação de São Bento

· Estádio do Bessa

· Estádio do Dragão – Museu do FC Porto

· Funicular dos Guindais

· Igreja e Torre dos Clérigos

· Jardim do Passeio Alegre

· Jardins do Palácio de Cristal

· Livraria Lello

· Miradouro da Serra do Pilar (V.N. Gaia)

· Miradouro da Vitória

· Miragaia

· Museu das Marionetas do Porto

· Museu de Arte Sacra

· Museu do Carro Elétrico

· Museu do Vinho do Porto

· Museu Nacional da Imprensa

· Museu Nacional Soares dos Reis

· Museu Romântico da Quinta da Macieirinha

· Paço Episcopal

· Palácio da Bolsa e Salão Árabe

· Palácio do Freixo

· Parque da Cidade

· Ponte Luiz I

· Ponte Maria Pia

· Praias do Porto

· Rua Galerias de Paris

· Rua Miguel Bombarda (Galerias de Arte)